« Voltar

84 respostas a Tribuna Livre – Maio/19

  1. Tales disse:

    Poucos austríacos sabem o que foi o Holocausto, diz estudo

    https://observador.pt/2019/05/02/poucos-austriacos-sabem-o-que-foi-o-holocausto-diz-estudo/

    1 – A pesquisa foi realizada por uma organização judaica o que demonstra que há conflitos de interesses nisso, seria o mesmo que um banqueiro comprar uma empresa que costuma pegar empréstimo com o banco dele.

    2 – Supondo que essa pesquisa reflita a realidade, 36% dos austríacos acreditam que o numero de vitimas não passou de dois milhões, o que vai de acordo com fontes revisionistas, a pesquisa não procurou saber se essas vitimas morreram por vontade das autoridades ou culpa da logistica de alimentos e medicamentos e a higiene precária dos campos, seja como for podemos chegar a conclusão que os austríacos são mais propensos a a se aprofundar na pesquisa histórica do que seu homônimo alemão.

    3 – Greg Schneider, organizador da conferência judaica sobre apresentação de provas contra a Alemanha(Deixou de ser um combate a indivíduos ditos carrascos e passou a ser todo o povo) diz que esses dados são perturbadores pois vem de uma região onde ocorreu o Holocausto, más sobreviventes do dito Holocausto como Ben Abraham afirmou que nunca houve câmaras de gás em território alemão(na época incluindo a Áustria), portanto a pesquisa reflete que os austríacos nunca se depararam com esse tipo de crime genocida em seu seio.

    Não sabemos até a que interesses essa pesquisa quer chegar, se é deter o avanço do Partido da Liberdade(o AfD na Alemanha não os parece preocupar tanto), criar álibi para mais indenizações e campanhas de culpa na população como viagens a campos de concentração ou apenas se informar sobre o que pensa a sociedade, gastariam dinheiro na terceira posição vindo de quem vem?

    • RICARDO - O MASCATE disse:

      o Senhor escreveu:

      “”36% dos austríacos acreditam que o numero de vitimas não passou de dois milhões, o que vai de acordo com fontes revisionistas””

      Alguém concorda com a afirmação acima?????…

  2. CET disse:

    Marcha do 1 de maio do partido terceira via.

    https://youtu.be/u02fuZTQTJ0

  3. Mykel Gomes disse:

    Palavras de sentido vago, como ‘ultra-direita’ e ‘antissemita’ são usadas mais do que nunca como sinônimo do mal, quando muitas vezes significam rótulos aos que justamente combatem a destruição do mundo:

    Facebook bane contas de personalidades de ultradireita e antissemitas

    https://www1.folha.uol.com.br/mundo/2019/05/facebook-bane-contas-de-personalidades-de-ultradireita-e-antissemitas.shtml

    https://www.bemparana.com.br/noticia/facebook-bane-contas-de-personalidades-de-ultradireita-e-antissemitas#.XMtmM4lKjcs

  4. Tales disse:

    Emissário de Trump critica apologia de rabinos israelitas a ideias de Hitler

    https://www.rtp.pt/noticias/mundo/emissario-de-trump-critica-apologia-de-rabinos-israelitas-a-ideias-de-hitler_n1144987

    Preciso dizer mais nada, inacreditável. kkk

  5. Cobalto disse:

    70 anos depois e não se cansam desse processo diário de difamação e desconstrução do 3º Reich. Agora os chamam de “incompetentes e preguiçosos.”

    No entanto, o mundo inteiro levou seis longos anos de esforços colaborativos militares e financeiros para derrotar a “incompetência” e a “preguiça” de Hitler e do seu “absoluto governo de palhaços”. Sem falar que praticamente toda a tecnologia atual foi construída sobre as invenções roubadas e pilhadas do 3º Reich.

    O medo de que mais pessoas acordem tira o sono dos donos do mundo.
    https://www.newsweek.com/hitler-incompetent-lazy-nazi-government-clown-show-opinion-1408136
    ———————————
    O nome oficial do evento é Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, mas, diante de flagrantes episódios de atentado violento ao pudor, a reunião anual bem que poderia se chamar Marcha da Sacanagem. Esta não será a primeira história de político que aproveita a vinda à capital federal, com tudo pago pelos cofres públicos, para cair na esbórnia. Mas certamente é uma das mais flagrantes evidências de que prefeitos, vereadores e assessores se valem da viagem ao DF para tirar o atraso da gandaia.
    https://www.metropoles.com/distrito-federal/video-prefeito-de-tibagi-pr-recebe-sexo-oral-em-elevador-de-hotel-no-df
    ———————————
    Outdoor da extrema-direita alemã para as europeias gera polêmica:
    https://www.youtube.com/watch?v=f2TTl6NPzmc

    Comentário de internauta:
    “Tráfico de escravos Africanos por Europeus para as Américas:
    6 milhões, a maioria homens para trabalho nas lavouras.
    Tráfico de escravos Africanos pelos países Islâmicos:
    20 Milhões, a maioria mulheres para escravas sexuais e alguns homens castrados.”

    • Cobalto disse:

      “A Igreja Católica: Construtora da Civilização” (Completo e Legendado):
      https://www.youtube.com/watch?v=ng8dume3V6k

      “Como a Igreja Católica construiu a civilização ocidental” (em PDF) de Thomas Woods. Descrição:

      Se perguntarmos a um estudante universitário o que sabe do contributo da Igreja Católica para a sociedade, a sua resposta talvez se resuma a uma palavra: “opressão”, por exemplo, ou “obscurantismo”. No entanto, essa palavra deveria ser “civilização”.

      O autor destas páginas, Thomas Woods, doutorado pela Universidade de Columbia, mostra como toda a Civilização Ocidental nasceu e se desenvolveu apoiada nos valores e ensinamentos da Igreja Católica. Em concreto explica, entre muitas outras coisas:

      • Por que o milagre da ciência moderna e de uma filosofia que levou a razão à sua plenitude só puderam nascer sobre o solo da mentalidade católica;

      • Como a Igreja criou uma instituição que mudou o mundo: a Universidade;

      • Como ela nos deu uma arquitetura e umas artes plásticas de beleza incomparável;

      • Como os filósofos escolásticos desenvolveram os conceitos básicos da economia moderna, que trouxe para o Ocidente uma riqueza sem precedentes;

      • Como o nosso Direito, garantia da liberdade e da justiça, nasceu em ampla medida do Direito canônico;

      • Como a Igreja criou praticamente todas as instituições de assistência que conhecemos, dos hospitais à previdência;

      • Como humanizou a vida, ao insistir durante séculos nos direitos universais do ser humano – tanto dos cristão como dos pagãos – e na sacralidade de cada pessoa.

      Num momento em que se propaga uma imagem da Igreja como inimiga dos progressos da ciência e da técnica, e da liberdade do pensamento, este é um livro que desfaz preconceitos, corrige clichês e ensina inúmeras verdades teimosamente omitidas no ensino colegial e universitário.

      Fonte:
      http://igreja-civilizacao.blogspot.com/p/livro-como-igreja-catolica-construiu.html

    • Cobalto disse:

      A ditadura dos bancos e o governo mundial por Fábio Konder Comparato:
      https://www.youtube.com/watch?v=1AtweASSUVg

    • Cobalto disse:

      Sinagoga e placas em hebraico: Morro de São Paulo (Bahia) vira point de israelenses

      Ilha tem nativos fluentes em hebraico, placas e menus no idioma de Israel
      (…)
      “A gente sai do exército querendo ver o mundo, passear por aí. Depois do serviço militar você quer mais é ‘ficar alto’ o tempo inteiro”, diz Shlomi Gavriel, 26, que fez sua viagem de período sabático pós-exército no ano passado, para Tailândia, Cambodja e Vietnã. Este ano, o jovem, que tem uma empresa de dedetização em Jerusalém, resolveu conhecer o Brasil.

      “O consumo de drogas é algo comum na juventude pelo mundo e, claro, também em Israel. Mas o fato desses jovens estarem fora do exército, longe das famílias e de leis rigorosas permite que eles acabem experimentando muita coisa, inclusive drogas”, pontua o professor Chaim Noy.
      (…)
      https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/sinagoga-e-placas-em-hebraico-morro-de-sao-paulo-vira-point-de-israelenses/

    • Cobalto disse:

      Patrões amarram empregada doméstica em árvore como punição

      Uma empregada filipina foi amarrada em uma árvore pelos patrões, na cidade de Riyadh, Árabia Saudita, depois de ter deixado alguns móveis caros no sol. A mulher, identificada como Lovely Acosta Baruelo, de 26 anos, trabalhava para uma família rica do país a alguns meses.

      https://noticias.r7.com/internacional/patroes-amarram-empregada-domestica-em-arvore-como-punicao-14052019

    • Cobalto disse:

      Em Jerusalém, a Mesquita de Al-Aqsa foi atingida por um incêndio. O episódio aconteceu na segunda-feira, NO MESMO INSTANTE EM QUE A CATEDRAL DE NOTRE DAME, em Paris, França, começou a ser devastada pelas chamas. Ao contrário do que aconteceu na capital francesa, o fogo na Esplanada das Mesquitas foi em menor proporção, podendo ser contido mais rapidamente. Apesar disso, a Waqf, fundação islâmica sob controle da Jordânia, que gerencia o local, informou que as chamas danificaram um posto da guarda, na parte superior da sala de oração:
      https://www.youtube.com/watch?v=Zutk1KLfnjU

      Humm … Será que Notre Dame foi incendiada como forma de distrair o poviléu para esconder as reais intenções que foram/são a destruição de Al-Aqsa pra construção do 3º Templo como tanto sonham os israhellenses? Então foi um ato terrorista israhellense que não deu certo, ou foi um ensaio para uma ação futura definitiva?

    • Cobalto disse:

      Vídeo: Ativistas na Alemanha atrapalham oficial de inteligência israelense:
      https://electronicintifada.net/blogs/riri-hylton/video-activists-germany-disrupt-israeli-intelligence-officer

  6. tuisto disse:

    – Clérigo muçulmano no Sudão desmascara ataque contra mesquitas na Nova Zelândia como parte da tática talmudista de incitar o ódio entre muçulmanos e cristãos: https://www.youtube.com/watch?v=hmfNm24DPs8 . Sentindo a ameaça aí, Cobalto?

    – Jewgle jamais perde o “gado” de vista:

    ”The location data is stored inside a Google database known as Sensorvault, which contains detailed location records of hundreds of millions of devices from around the world. The records reportedly contain location data going back to 2009. The data is collected whether or not users are making calls or using apps.”https://www.zerohedge.com/news/2019-04-29/google-tracks-your-location-and-shares-it-police-even-when-your-phone .

    • Cobalto disse:

      Refute:
      https://www.youtube.com/watch?v=c7y2LRcf4kc

      Refute:
      https://www.youtube.com/results?search_query=muslin+in+britain

      Refute:
      https://www.youtube.com/watch?v=sZdguX_7xJA

      Refute:
      https://www.youtube.com/watch?v=Qpy6g-dQjcI

      Refute:
      https://www.youtube.com/watch?v=fSUwxKUZlkE
      Experimente expor e ofertar Bíblias num país islâmico, Tuisto.

      Refute:
      https://www.youtube.com/watch?v=3KfA2wlbutM

      Refute:
      https://www.nowtheendbegins.com/paris-killings-europe-wakes-face-muslim-problem-video/

      Refute:
      https://www.youtube.com/watch?v=fSUwxKUZlkE

      Refute:
      https://www.voanews.com/a/poll-show-european-want-muslim-migration-ban/3736848.html

      Refute:
      https://www.youtube.com/watch?v=QRlFqQ0AXAI

      Refute:
      https://www.youtube.com/watch?v=-pHnQ6W2KkM

      Refute:
      https://www.youtube.com/watch?v=YVwqziMjnm8

      Refute:
      https://www.quora.com/Why-do-people-say-Europe-has-a-Muslim-problem

      Refute:
      http://soerenkern.com/2012/11/02/islam-overtaking-catholicism-dominant-religion-france/

      Refute:
      https://www.youtube.com/watch?v=qm5SYxRXHsI

      Refute:
      Os Papas, as estupradas, as mulheres que tiveram ácido jogado no rosto, as escravizadas, as apedrejadas, as crianças obrigadas a casarem, as … , as …

      1º) Além de não refutar nada naqueles comentários de meses atrás onde deixei comprovados que Islamismo e Judaísmo são religiões irmãs etc e coadjuvantes, insiste com mais do mesmo, ou seja, com nada.
      2º) Não tem nenhuma bandeira falsa acima. Mande aquele teu clérigo explicar os atos acima.
      3º) Não acredito que você saiba mais que as diversas nacionalidades europeias que vivenciam diariamente com o problema corânico.
      4º) Entenda que chiliques anti-Cobalto não são argumentos. História (comprovada), fatos, milhares de testemunhos e documentos oficiais desde pessoas simples até autoridades em várias épocas, versos corânicos, etc, isso sim argumentos. E é com eles que eu fico.
      5º) Eu considero esse tema encerrado e não pessoal, mas querendo insistir, continue. A Verdade se encarregará de te iluminar.

      Tuisto de taqiyah deve ficar engraçado … rs É casado? Ou já pensou em namorar uma de burca? … rs

    • tuisto disse:

      Entenda que chiliques anti-Cobalto

      O chilique evidentemente não é meu, mas boa sorte aí com seu agitprop, inclusive estrelando muçulmanos de hollywood e outros idiotas úteis (existem Cobaltos do outro lado também), o “povo eleito” agradece…

      Particularmente interessante o vídeo sobre o incidente na noite de São Silvestre em Colônia, praticado por marginais bêbados, você sabia Cobalto que o consumo de álcool é proibido no Islã?

      Vamos acreditar, por enquanto, que você é apenas um ingênuo, ou fanático histérico, que não se dá conta que pintar um problema de iminvasão como um problema “islâmico” é a tática número 1 do judaísmo atualmente…

      Enquanto isso, longe da propaganda judaica, histericamente disseminada pelos Cobaltos da vida, na Síria e no Iraque muçulmanos reais liberam igrejas e permitem aos cristãos que voltem a praticar seus cultos, previamente impedidos por golens terroristas operando em favor de i$rahell:

      https://www.youtube.com/watch?v=bMsvIDlsgiM

      https://www.youtube.com/watch?v=uDmP7TO3NY0

    • Moz disse:

      O terrorismo islâmico é uma criação judaica, de longe o muçulmano é o mais consciente da questão judaica a nível mundial. Outros povos foram conquistando pelo materialismo judaico, esse materialismo não comrropeu o islã. Podemos concluir que o islã é o principal inimigo do judaísmo internacional hoje…

    • Cobalto disse:

      @ Tuisto
      Todos os assediadores em Colônia estavam bêbados?! Tens a fonte, a polícia fez a estatística?! E pelo fato de “todos estarem bêbados” é comprovação de NÃO serem corânicos?! … rs Melhore isso que pensas ser um contra-argumento, por favor.

      Conheço os serviços prestados ao Cristianismo pelo Hezbolá (fundado em 1985), porém, os mesmos não alteram os versos, a longa historiografia (1.400 anos) e nem os discursos da maioria corânica tanto do Oriente Médio, Ásia e Europa. É mais fácil o Hezbolá ser considerado herege pelos demais. E já pensou se o Hezbolá também saísse queimando igrejas e estuprando e matando cristãos como fazem nos demais continentes?

      Nunca disse que a imigração massiva seja só um problema islâmico (mania de por palavras na minha boca). Te comprovei hoje e mês atrás (esse era o tema central) que são sim um perigo aos nativos europeus. Porém, se os europeus a tratarem assim, parabéns! Já estarão fazendo um grande progresso aqueles bananas. Um passo de cada vez, também não é bom assim? Dividir pra conquistar.

      https://i.pinimg.com/originals/42/10/ea/4210eaf3e5386ff24c76daa2e2d78e90.jpg

      https://i.ytimg.com/vi/5Unj5wyuKUI/maxresdefault.jpg

      Todas as suas crenças e opiniões estão refutadas por mim nos vídeos e sítios acima e naquela conversa tempos atrás. E repito o que disse naquela época: como nada foi refutado, continuar essa conversa é apenas repetir o que já disse e comprovei.

      Me chame do que quiser, como disse e repito, chiliques anti-Cobalto não são argumentos. História (comprovada), fatos, milhares de testemunhos e documentos oficiais desde pessoas simples e camponeses e até autoridades em várias épocas (séculos) que VIVENCIARAM! o que testemunharam (óbvio), dos versos corânicos que citei, etc, isso sim argumentos e fatos irrefutáveis. E é com eles que eu fico.

      Ainda caro Tuisto, experimente expor e ofertar Bíblias num país islâmico. Vá lá, faça isso, depois volte e nos conte. Ok?

      @ Moz
      Nem todo o terrorismo islâmico é criação judaica, ou acreditas que eles não tem capacidade ou motivação de fazerem sozinhos sem o apadrinhamento judaico? Por favor.

      Deixa ver se entendi: você quer substituir o materialismo europeu pela espiritualidade islâmica?! Islã é filhote do Judaísmo, ambas são destruidoras de civilizações, destruidoras de cultura, rapaz! Acorda! Por isso estão sendo usados pelos judeus. É mais fácil aos judeus erradicarem os corânicos que os europeus, por isso isso.

      Refute:
      https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2001/010302_buda.shtml

      Refute:
      https://www.youtube.com/watch?v=c7y2LRcf4kc

      Experimente expor e ofertar Bíblias num país islâmico, Moz. Vá lá, faça isso, depois volte e nos conte. Ok?

      Enfim, estão vendo como é bobagem continuar esse tema? Só fico repetindo, nada é refutado. Abraços.

    • Rex disse:

      Tá de brincadeira!

      Como é que essa gente consegue marcar uma reunião com o secretário da educação a fim de coagi-lo a aplicar uma lei que puna alunos e professores que questionem a verdade do Holoconto, ou no melhor estilo orweliano, que cometem crimes do pensamento?

      Isso chegou a se materializar ou alguém se interpôs a esse autoritarismo intelectual?

  7. “Os EUA crescem e vivem uma situação de pleno emprego sem que a inflação suba para a meta do banco central, o que desafia professores e especialistas” https://www.infomoney.com.br/mercados/amp/noticia/8285462

    A Argentina é outro exemplo de como a falácia do monetarismo tem sido implodida pela evidência empírica. Seguindo à risca o receituário neoliberal, o governo de Macri elevou os juros básicos a estratosféricos 73,93% (!) e a nflação, ao invés de cair, hoje se encontra em 54,7%.

  8. Renato disse:

    A Internacional Socialista, Juan Guaidó e Jair Bolsonaro

    https://www.youtube.com/watch?v=ZHx95KSVM2c

  9. Mykel Gomes disse:

    Mais reflexões sobre a Decadência do Ocidente. Cultura e Civilização são a mesma coisa ou são diferentes coisas?

    Noções de cultura e civilização em Oswald Spengler – Por Mario Góngora
    https://worldtraditionalfront.blogspot.com/2019/05/nocoes-de-cultura-e-civilizacao-em.html

    • Tales disse:

      Israel quem criou o Hamas, agora estão usando o discurso de auto-defesa que é para lá de desproporcional, ou os palestinos tem o mesmo poderio bélico que os israelenses? Acho que Israel gosta de ser atacado para ter o principio moral da retalhação a fim de tornar a vida dos palestinos miseráveis corroendo sua chance de poder negociar perante o mundo. Esse problema Israel x Palestina devia ter sido resolvido no começo, más a ONU não faz nem uma coisa nem outra e fica só jogando panos quentes e agora está longe do fim essa questão.

    • RICARDO - O MASCATE disse:

      Sr. Tales
      pode me explicar este negocio de uso desproporcional de força?……………quer dizer que Israel não tem o direito e o dever de usar todas as formas possíveis e existentes para barrar o terror do grupo terrorista hamas???…………….engraçado

    • Mykel Gomes disse:

      Respondendo ao Mascate:

      A resposta já estava a sua disposição, servida com boa precisão pelo Tales:

      “Acho que Israel gosta de ser atacado para ter o principio moral da retalhação a fim de tornar a vida dos palestinos […]”

      Também é bom lembrar que o Likud procede de terroristas legítimos do Irgun, desde sua fundação, apenas foi institucionalizado no aparato Estatal de Israel e protegido pela mídia das agências judaicas (Reuters, Bloomberg etc) e canais judaicos ou sob direção judaica: BBC, Fox, etc. Está tudo junto mesmo…

    • RICARDO - O MASCATE disse:

      Sr.Mykel, não foi respondida, o fato de Israel esperar o ataque para poder responder a provocação dos pobres e desarmados palestinos, não responde a indagação do sr. Tales quanto a desproporcionalidade……alias que fique claro todas as guerras que houveram contra os vizinhos árabes (e estes sempre com um maior poderio militar) Israel sempre esperou o ataque para poder revidar e esta politica causou a perda de vidas inestimáveis, mas mesmo assim Israel nunca perdeu uma guerra ………quanto ao Irgum estes procediam os ataques contra alvos militares dos Ingleses (que sob vossa ótica e na teoria era manipulado pelos judeus….kkkk) e nunca contra a população civil algo bem diferente que ocorre no caso do hamas…………….de qualquer forma fico satisfeito com o argumento que não foi contestado meu argumento que Israel tem o direito e o dever de usar todas as formas possíveis e existentes …….abraços

    • Mykel Gomes disse:

      Está respondido sim Mascate!

      Me baseio por lógica que o aleatório não cria nada!

      E há articulação judaica sim, basta ver a declaração de Balfour, o círculo judaico ao redor de W. Wilson nos EUA, bem como o bolchevismo e sionismo juntos na Rússia czarista e na URSS, o judaísmo internacional, articulando a política no tratado da Paz pós Primeira Guerra Mundial, que fez tanto bem aos judeus ao desestruturar o Império Otomano o qual não sequer ouvia a proposta judaica de “comprar” a Palestina, e olha que os Rothschild via guerras europeias ostentaram na Jewish Enciclopedia (1901-1906) as nações que lhes deviam, as custas da postura Rothschild de duplicidade.

      Tudo isso, essa articulação internacional, é judaica ou de subalternos judeus. Os dirigentes de tais articulações são judeus ou são judeus os conselheiros de tais dirigentes. Apenas essa articulação chegou na Palestina, e os conflitos lá sob a direção do Império Otomano eram praticamente desconhecidos, somente depois da infame Declaração de Balfour que abriu a migração judaica a um ritmo intenso para a Palestina é que surgiram os conflitos, e o terrorismo judaico veio da Rússia e se instalou contra as administrações da Entente na Palestina. Responsabilidade judaica, pouco importam os anseios judaicos, na diplomacia real eles nada justificam a chegada à Palestina, somente significam se os dirigentes subscrevem a pauta judaica, que nem vem à tona de uma vez, e sim com intervalos de cerca de 80 a 100 anos de modo aos judeus poderem trair as promessas que fizeram:

      1ª Reivindicação de cidadania judaica com plenos direitos via postulados iluministas da Revolução Francesa, visando assimilação judaica na Europa. Para escapar do fanatismo de Pio IX recorriam ao secularismo!

      2ª Busca de território próprio (não ousaram pedir isso em condição de cidadão sem plenos direitos) a partir de 1850, mesmo que fosse fora da Palestina.

      3ª Rejeição das propostas da África Oriental em de Madagascar no início do século XX e exigência de ser tal território na Palestina (não ousaram exigir isso no período do item 2 ª)

      4ª Rejeição de Biro Bijan na URSS de modo a abdicar da Palestina, embora ficaram com Biro Bijan (Aliás, Biro Bijan lhes aguarda!!!).

      5ª Agora querem a Grande Israel, e na política contemporânea os postulados do direito internacional secular não permitem essa ambição judaica, então abandonam os apelos ao secularismo que tanto recorreram contra Pio IX e passam a apelar ao fanatismo religioso instando o cristianismo mais judaizado de hoje para arregimentar a simpatia e adesão dos que se convencem não com argumentos seculares, mas sim com apelos fanáticos de povo eleito.

      Essa é a lógica judaica, omissão, duplicidade, contradição, revogação e até mentiras do que se compromete. Saíram do secularismo contra o fanatismo cristão anti-judaico, e agora usam o fanatismo cristão pró-judaísmo contra o secularismo!

      Assim se junta emancipação judaica, articulação do judaísmo internacional e gradual inserção na Palestina, em fases que se sucedem contradizendo as anteriores.

      Nisso tudo na questão palestina, quanto mais poder tem o judeu lá, mas precária é a situação dos países adjacentes, o que não existia antes do início de tal processo.

    • Mykel Gomes disse:

      Essa, Mascate, é somente para te ver às cambalhotas e contorcionismos de respostas esdrúxulas !

      Fiz essa postagem só por causa de sua colocação: “(que sob vossa ótica e na teoria era manipulado pelos judeus….kkkk)” que usas não só na questão Israel/Palestina, mas usa da coincidência em tudo para dissuadir a entendermos ver a ocupação dos postos judaicos como algo premeditado. Aliás sua postura é a mesma recomendada por Abe Foxman que presidiu a ADL, a qual o máximo que conseguiu foi justificar em última análise todo setor que o judeu monopoliza como ‘coincidência’. Quanto a isso do Foxman ver aqui : https://www.latimes.com/archives/la-xpm-2008-dec-19-oe-stein19-story.html

      [“That’s a very dangerous phrase, ‘Jews control Hollywood.’ What is true is that there are a lot of Jews in Hollywood,” he said. Instead of “control,” Foxman would prefer people say that many executives in the industry “happen to be Jewish,” as in “all eight major film studios are run by men who happen to be Jewish.”]

      Fazes exatamente o que o Foxman recomenda, coincidência?

      Mas vou te expor ao vexame e a vergonha, isso é delicioso!

      A simples Lógica que o acaso não cria nada é suficiente para dar SEMPRE os contornos da atuação do judaísmo internacional, mas não só a lógica atua, há a evidência explícita, e essa evidência explícita mostra como o judaísmo internacional atua de forma dominante em Hollywood, já sem achismos, e sim com exposição NOMINAL a qual vergonhosamente o New York Times (de longa data sob direção judaica) tentou esconder. Esse exemplo que segue abaixo, vale para outras áreas, mas aqui e agora lhe sirvo só em Hollywood!

      Hoje é dia de Oscar, mas No The New York Times de 26/02/2016, artigo de Haeyoun Park, Josh Keller e Josh Williams (https://www.nytimes.com/interactive/2016/02/26/us/race-of-american-power.html ), afirma-se que Hollywood é governada por brancos, e não por minorias, conforme o contexto geral que este artigo pertence, e mostrou-se 20 dos principais nomes que decidem os filmes e como serão abordados, todavia, o fato é que dos alegados 19 brancos, 15 são na verdade judeus.

      Eis a lista, da esquerda para direita seguindo a foto que consta no link:

      1º Toby Emmerich, judeu (New Line Cinema);

      2º Kevin Feige (Marvel Studio);

      3º Jon Feltheimer, judeu (Lionsgate);

      4º Jim Gianopulos (20th Century Fox);

      5º Brad Gray, judeu (Paramount Pictures);

      6º Alan Horn, judeu (Walt Disney Studios);

      7º Robert Allen Igger, judeu (The Walt Disney Company);

      8º Jeffrey Katzenberger, judeu (Dreamwork Animation);

      9º Kathleen Kennedy (Lucas Filmes);

      10º Sue Kroll, judia, (Warner Bros Pictury);

      11º Donna Langley, judia (Universal Pictures);

      12º John Lasseter (Pixar);

      13º Michael Lynton, judeu (Sony Entertaiment);

      14º Rob Moore, judeu (Paramount Pictures);

      15º Thomas Edgar Rothman, judeu (Sony Picture Motion Picture Group);

      16º Jeff Shell, judeu (Universal Film Entertainment Group);

      17º Stacey Snider, judia (20th Century Fox);

      18º Steven Spilberg, judeu (Amblin Partner);

      19º Harvey Weinstein, judeu (The Weinstein Company);

      20º Kevin Tsujihara (Warner Bros. Entertainment).

      O que agrava a desinformação pela desonestidade de não especificar que não era a maioria branca que predomina nessa lista de Hollywood, mas sim uma minoria judaica é que o The New York Times é uma mídia há muito tempo em posse judaica de Arthur Ochs Sulzberger Sr., depois na posse de Arthur Ochs Sulzberger Jr., e atualmente sob direção de Arthur Gregg Sulzberge, de ascendência judaica.

      A Agenda de Hollywood, e o poder atrás dela – Por Mark Weber
      https://worldtraditionalfront.blogspot.com/2019/02/a-agenda-de-hollywood-e-o-poder-atras.html

    • RICARDO - O MASCATE disse:

      Sr. Gomes,
      parei na segunda linha, cansei do cópia e cola, a questão é simples curta e direta, sem embromação e sem relâmpagos de pretensa intelectualidade………………Israel Tem ou não tem o direito a usar todos os meios possíveis e possíveis para se defender???…………………..de resto tenho a dizer que sinto muito orgulho com a presença judaica em hollywood, e sinceramente acho que as pessoas confundem capacidade com manipulação……………………abraços

    • Mykel Gomes disse:

      Não se trata de Israel Mascate! Se trata do judaísmo internacional!

      Articulação que tenta criminalizar quem identifica e terrorismo judaico do Irgun e grupos vinculados precedentes institucionalizado na política!

      Quanto ao copiar e colar, fui eu que escrevi o artigo, e colei aí pois ao não reverenciar minha colocação inferi que fontes primárias, judaicas por sinal, também adicionariam ao meu argumento mais um fator contra seu achismo sem fontes e que evita a lógica básica, inclusive, como de costume, apelando para a coincidência ao estilo do judeu Abe Foxman e do judeu Karl Popper (este que cunhou o termo ‘teoria da conspiração’ para quem expõe a articulação de bastidores, a qual quem mais faz uso é o judaísmo internacional!). Ver em ‘Conjectures and Refutations: The Growth of Scientific Knowledge’ – Por Karl Popper, pp 165-166, extraído da edição de 2002, editora Routledge.

      Reitero, toda a sua apologética e também a apologética judaica repousa em última análise a atribuir a coincidência como motor das mais acirradas disputas por poder e postos de influência, o que é um absurdo haja visto a pressão coordenada que se precisa para marcar posse fixa em cada posto decisivo no Ocidente.

  10. tuisto disse:

    Nos limites do golpismo (ou golpismo sem limites?), fantoche pateta Guaidó diz que parlamento “venezuelano” pode aprovar intervenção militar americana: https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/efe/2019/05/05/guaido-diz-que-parlamento-venezuelano-poderia-aprovar-intervencao-dos-eua.htm .

    No passado ao menos havia um esforço para dar um ar de legitimidade a esses fantoches…

  11. Para descansar a cabeça das turbulências…

    Saga – Tomorrow Belongs To Me (Live, RD, 07/11/09)

    https://www.youtube.com/watch?v=p4KVBL-NpXQ

  12. Emburrecimento da sociedade através da música

    https://www.youtube.com/watch?v=tACQUM58lB4

    • Renato disse:

      Paul Joseph Watson, mais um capacho dos sionistas para enganar os brancos.

      O que Paul Joseph Watson não diz nesse vídeo é que quem criou esse emburrecimento da sociedade através da música foi o próprio judaísmo que Paul Joseph Watson defende.

      Afinal, quem comanda os meios de entretenimento do cinema, da pior música, do jornalismo, etc etc etc?

    • Eu sempre vejo em videos que as pessoas apontam o problema, a existência do problema e etc sem quase jamais apontar os culpados. Os videos desse cara mesmo são assim, não tem a assinatura de quem promove a sujeira.

  13. Varg Vikernes – Sobre Feminismo e Capitalismo LEGENDADO PT-BR

    https://www.youtube.com/watch?v=h2ZDiT4-lFE

  14. O Sentinela disse:

    Bom dia, camaradas. Quero aproveitar o espaço aqui, como moderador do site O Sentinela (https://www.osentinela.org) nas redes sociais para divulgar sempre que possível nossa trabalho na internet que completou no último dia 30, 6 anos.

    A maior inspiração dos fundadores foi o próprio site http://www.inacreditavel.com e a minha também ao encontrá-los foi tendo o inacreditável como referência.

    Fiquem a vontade. Grade abraço.

  15. Tales disse:

    Com sobrenomes ligados a judeus, famílias do RN buscam cidadania portuguesa

    https://portalnoar.com.br/com-sobrenomes-ligados-a-judeus-familias-do-rn-buscam-cidadania-portuguesa/

    Engraçado, eles usam a genética para o lhes convêm, judeu e genética deviam ser antítese em questão racial más dizem até que já existe pesquisa com DNA judaico para justificar uma ancestralidade na Palestina usando a formula Nacional Socialista de cidadão e Estado, luta para ter cidadania português más não luta pelos direitos de outros povos pelo mesmo más quer que esses povos ajudem quando estão em aperto, não era só na Alemanha que eram retratados como parasitas sociais, não movem uma palha pelos demais povos más provocam até guerra para defender seus interesses.

    • RICARDO - O MASCATE disse:

      Sr. Thales

      não só do RN, do Brasil inteiro inclusive ao redor do mundo
      segue comunicado da embaixada portuguesa:
      https://consuladoportugalsp.org.br/nacionalidade-portuguesa-para-descendentes-de-judeus-sefarditas/

      o mesmo se dá na Espanha e se trata de uma politica para reparar os danos da Inquisição.
      Quanto a afirmação que os judeus não fazem nada pelos outros povos, veja bem na luta pelos direitos civis, direitos das minorias, direito das mulheres, direitos dos negros e bem como dos gays, os maiores defensores eram judeus, favor notar que na luta apenas como exemplo pelo fim do Aphartheid na Africa do Sul, os lideres e defensores na grande maioria eram judeus……e ai vai……quanto a defender seus interesses ao que eu sei isto jamais e nunca foi exclusividade dos judeus

      grande abraço
      ps.: já tenho meu passaporte português há alguns anos

  16. Mykel Gomes disse:

    Mascate!

    Bem interessante que na época que foram expulsos da Espanha, os judeus ainda mantiveram influência lá, bem como arrendaram colônias portuguesas que lhes permitiram monopolizar o tráfico negreiro no Atlântico Sul. Temos no Brasil cinco trabalhos de Gonçalves Salvador sobre essa temática. Recomendo a leitura.

    Também no Atlântico Norte tinham grande parte no Tráfico Negreiro.
    https://www.timesofisrael.com/how-culpable-were-dutch-jews-in-the-slave-trade/

    Duzentos anos depois monopolizaram os judeus o tráfico de ópio na Ásia.

    “Here he established the house of David Sassoon & Co., with branches at Calcutta, Shanghai, Canton, and Hongkong; and his business, which included a monopoly of the opium-trade, extended as far as Yokohama, Nagasaki, and other cities in Japan. Sassoon attributed his great success to the employment of his sons as his agents and to his strict observance of the law of tithe.”

    http://www.jewishencyclopedia.com/articles/13218-sassoon

    Essas informações não passam nos colégios nem tive na faculdade. Estranho…

    • RICARDO - O MASCATE disse:

      Sr. Gomes,
      O interessante é que os judeus seguem a vida apesar dos infortúnios, não ficam olhando para trás e se lamentando, sempre olhando para frente, sempre crescendo, desenvolvendo e mandando ver……
      Sobre o tráfico negreiro cabe salientar que o mesmo era incentivado pelas maiores nações cristãs da época, bem como a santíssima igreja apoiava como forma de converter os infiéis (veja o papel dos jesuítas entre outros) , não havendo nada que impedisse sendo legal e lucrativo é claro que haviam judeus implicados com esta atividade, sempre lembrando que não eram os únicos nem os maiores, sempre lembrando que eram os próprios africanos que capturavam e vendiam os negros que seriam traficados
      Quanto a família Sasson, o comércio de ópio era só mais uma das atividades destes, da mesma forma como especificado ácima se tratava de uma atividade normal, legal e moralmente aceita na época, portanto nada co que se envergonhar, em várias literaturas vemos o hábito do uso do ópio por diversos setores da sociedade, inclusive nobreza.
      Talvez estas informações não foram passadas nos vossos colégios e nas vossas faculdades, e obtive esta informação de maneira usual e apropriada……………se é que vc. me entende

    • Mykel Gomes disse:

      Mascate!

      Não é que havia judeus também nas atividades ali! Havia monopólio judaico!

    • RICARDO - O MASCATE disse:

      Sr. Gomes
      passaram para o senhor nos colégios e na faculdade que o senhor frequentou quem monopoliza atualmente o comércio ILICITO de entorpecentes??? tipo os carteis mexicanos os barões das drogas colombianos a máfia italiana e ai vai………………………seriam estes judeus???……………….notou a diferença entre LICITO E ILICITO???

    • Mykel Gomes disse:

      “.notou a diferença entre LICITO E ILICITO???”

      Como assim? A questão é monopólio judaico em ópio e tráfico negreiro!

      Ninguém entrou aqui sobre convenções do que uma assembléia decide ser lícito ou ilícito, uma vez que tal assembléia pode estar contaminada ou assediada por diversos interesses. O fato não é o que se convenciona ilícito ou lícito, mas sim os danos reais, não sujeitos a convenções, feitos pelo monopólio judaico no tráfico negreiro e no tráfico de ópio. Uma overdose não muda seu efeito sendo ilícita ou lícita.

      Também a reta moral exigiria do judaísmo internacional renunciar ao monopólio do ópio em questão, e arcar com toda perda de vantagens que disso resultaria, pois uma raça superior ou uma comunidade de alta moral enfrenta as vicissitudes do mundo sem se adaptar às vilanias.

      Mas nem sei por que ir na questão do que era ou não aceito na época, antes deve-se ver quem se beneficiava com isso e quem fomentava isso. Era a City de Londres, na qual o judaísmo internacional era quase totalmente dominante, casa Moccata, Sassoon, Rothschild etc, então até o que vigorava era determinado na fonte pela City.

  17. Tales disse:

    8 de maio, dia fatídico na história da humanidade, especialmente no que concerne a civilização alemã e por tabela a ocidental. Eu particularmente me sinto deslocado nesse mundo, não consigo me encaixar nele e observando a sociedade dos países que compuseram o “Eixo” me dá mais certeza de que se tivesse que escolher por qual lado lutar não resto a menor duvida que seria contra os “Aliados” tal qual milhões tomaram essa decisão mesmo sendo cidadãos dos inimigos deles. Será que todos aqueles que morreram defendendo o Nacional Socialismo, Fascismo, morreram porque juraram uma simples lealdade ao líder ou porque o mundo em que eles viviam era tão maravilhoso e libertador que nem pensavam em um mundo após a rendição mesmo sabendo no fundo que ela era inevitável? É para se refletir porque essa guerra durou tanto tempo mesmo os especialistas militares e geopolíticos decretando a derrota do Eixo já em dezembro de 1941 na contra-ofensiva de Moscou. Um povo que resiste bravamente a 6 anos de guerra contra uma coalizão de mais de 50 países não alcançou esses feitos por defender um movimento ou um líder carismático, sabiam muito bem o que estava em jogo.

  18. Redação disse:

    Israelita é preso em Brasília por crime cibernético

    O elemento já responde por pornografia infantil e, não satisfeito, ele mantinha uma plataforma que ensinava os usuários a realizar compras de drogas.

    Aguardemos agora as novas descobertas sobre tráfico de órgãos…

  19. Tales disse:

    RICARDO – O MASCATE

    Se defender sim qualquer pais tem o direito, más dai dizer de todos os modos e meios, o que seria isso na sua visão? Armas nucleares? Isso é lá defesa? Ou eles não tem para você? Se não tem porque se negam a assinar o Tratado de Não Proliferação de Armas Nucleares e assim permitir a comunidade internacional averiguar se está cumprindo? Condenam o Irã pelos testes e pressiona os EUA para impor sanções e ameaça constante de guerra para colocá-los de joelhos más quem primeiro surgiu com esse tipo de armamento na região foi Israel, a defesa só vale para vocês? Qual a fronteira definitiva de Israel, você conhece? Nem Constituição de facto esse pais tem, Israel existe fora de muito das normas legais que os demais países, primeiro cumpram suas obrigações para depois exigir dos seus vizinhos.

    • RICARDO - O MASCATE disse:

      SR TALES.
      Tenho certeza que Israel possui armas atômicas e isto não há dúvidas (qual é a novodade???), a grande diferença é que Israel jamais ameaçou usa-las, está é a grande diferença, em todos os conflitos contra as nações arabes, jamais e volto a repetir jamais Israel ousou ou quis fazer uso destas,…..analisando o Irã com armas nucleares esta certeza do não uso de maneira aleatória, que temos com Israel não teriamos, seria uma incognita perigosa,bem como não temos a garantia que estes não possam fornecer armas nucleares para fontes dúvidosas, com extremistas islamicos, daí toda a humanidade inclusive a Europa estariam em perigo, o senhor consegue perceber a diferença???…………………o importante é saber que Israel tem todo o direito e dever de defender seus cidadãos e seu território, e para isto farão o que acharem necessário com os meios possíveis………….quanto aos territórios cabe salientar que toda as guerras que ocorreram na região foram iniciadas pelos arabes e todas as vezes vencidas por Israel que foi anexando territórios inerentes as vitórias…………….ora se não querem perder territórios que não iniciem o confronto, se não querem se queimar que não brinquem com fogo………por fim um pouco de história, o senhor sabia que após a guerra de independência de 48 a cisjordania era administrada pelos jordanianos e gaza pelos egipcios??? e que estes (Egito e Jordânia) jamais fizeram menções em dar autonomia a seus irmãos palestinos???…………………o senhor sabia que houve um massacre de palestinos na jordânia, promovido pelo governo conhecido como setembro negro
      (https://pt.wikipedia.org/wiki/Setembro_Negro)??? e que se estima de 3.000 a 5.000 0 número de vítimas palestinas………….isto é que chamo de solidariedade árabe……………….pois é vivendo e aprendendo

    • Mykel Gomes disse:

      Esse Mascate tem um comportamento estranho, parece não saber nem no básico o que se atreve a tentar balbuciar. Olhem o que ele afirma:

      “[…] a grande diferença é que Israel jamais ameaçou usa-las, […]”

      Mas na verdade olhem o que ele ignora:

      Começamos por uma notícia da mídia europeia retirada da net. Qual o medo?
      https://new.euro-med.dk/20150828-israels-existence-now-endangered-by-isolation-the-samson-option-we-can-and-will-take-the-world-down-with-us-before-israel-goes-under.php

      ‘Last secret’ of 1967 war: Israel’s doomsday plan for nuclear display
      Newly released documents pertaining to the Six-Day War show Israel planned to detonate a nuclear weapon atop a mountain in the Sinai Peninsula, as a show of strength, had the Middle East country been on the verge of losing the 1967 conflict
      https://www.independent.co.uk/News/long_reads/last-secret-of-the-1967-war-israel-s-doomsday-plan-for-nuclear-display-a7775076.html

      Israel’s Nuclear Arsenal and Weapons of Mass Destruction: A Threat to World Peace
      https://www.globalresearch.ca/israeli-weapons-of-mass-destruction-a-threat-to-peace-israel-s-nuclear-arsenal/4365

      Israel threatened to nuke Europe
      https://www.youtube.com/watch?v=_9t1ZUUCe-I

      The Samson Option – How Israel Blackmails The World With Nukes
      https://www.youtube.com/watch?v=y7MkfWjg-Zo

      Tem até um livro para o Mascate:
      The Samson Option: Israel’s Nuclear Arsenal and American Foreign Policy
      https://www.amazon.com/Samson-Option-Israels-Nuclear-American/dp/0394570065

      “An Israeli professor of military history at the Hebrew University in Jerusalem, Martin van Creveld stated that Israel could find itself one day forced to exterminate the European continent using all kinds of weapons including its nuclear arsenal if it felt its demise neared, stressing that Israel also considers Europe a hostile target.”
      https://www.eutimes.net/2009/08/israeli-historian-most-european-capitals-are-targets-for-our-air-force/

      Em relação a armas nucleares as formalizações são quase nunca expostas, ao invés os blefes são insinuados, mas o mais assustador é a Samson Option circular em meios sérios e autoridades no assunto como Creveld.

      Por muuuuito menos Irã e Coréia do Norte são alardeadas na mídia do judaísmo internacional!

  20. Tales disse:

    RICARDO – O MASCATE

    Países árabes usariam armas nucleares contra Israel sabendo que essas armas não tem controle dimensional e com isso atingiriam a população árabe em Israel e na Palestina? Nenhum pais por mais maluco que seja usariam tais armas contra vizinhos diretos pois até mesmo eles poderiam ser atingidos. Armas nucleares não são armas de defesa e a posse não declarada por Israel fere o Direito Internacional e perde moral para exigir por meio do seu golem yankee por meio de sanções e bloqueio o fim nos países vizinhos como o Irã, com isso só prova o quanto eles mandam na politica mundial tal qual Hitler nos anos 30 já declarava, EUA é o braço policial de Israel.

    Quanto a você afirmar que Israel nunca atacou primeiro melhor se informar, a Guerra dos Seis Dias foi iniciada por Israel com o pretexto de que o Egito estava prestes a atacar e o que eles fizeram foi apenas preventivo, podemos falar o mesmo da Operação Barbarossa que a mesma mídia do povo eleito retrata como guerra de agressão, dois pesos e duas medidas.

  21. Tales disse:

    Finalizando esse assunto, não há no que se falar em defesa quando tal pais não tem fronteiras definidas, enquanto Gêneses 15:18 não se cumprir eles não vão sossegar e não vão parar de usar os americanos como bucha de canhão.

  22. CET disse:

    Eu sinceramente acho uma perda de tempo os amigos aqui ficarem discutindo com sionistas.

    • Tales disse:

      Não podemos deixar eles se criarem aqui, eles já tem espaço dominante na mídia mundial, este espaço é provavelmente o único que temos para discutir temas que em outros ambientes seriamos completamente engolidos pela massa bestializada que anos a fio de filmes, documentários lobotomizaram.

  23. tuisto disse:

    Superpopulação, poluição, agroindústria, hiperconsumismo, o homem talmudicamente moderno é um câncer na face da terra:

    Um milhão de espécies de animais e plantas estão ameaçados de extinção em escala mundial…

    A análise contou com a participação de 145 cientistas de 50 países e mostra que “a natureza está diminuindo globalmente, a taxas sem precedentes na história da humanidade”.

    De acordo com o relatório, mais de 40% das espécies de anfíbios, quase 33% dos corais formadores de recifes e mais de um terço de todos os mamíferos marinhos estão ameaçados. E a diversidade de espécies nativas na maioria dos principais habitats terrestres caiu em pelo menos 20%, principalmente desde 1900.

    Outras constatações dos pesquisadores são que as áreas urbanas mais que dobraram desde 1992 e quase 75% dos recursos de água doce são agora dedicados à produção agrícola ou pecuária.http://agenciabrasil.ebc.com.br/internacional/noticia/2019-05/um-milhao-de-especies-estao-ameacadas-de-extincao-mostra-onu .

  24. CET disse:

    Tales;

    Não podemos deixar eles se criarem aqui, eles já tem espaço dominante na mídia mundial, este espaço é provavelmente o único que temos para discutir temas que em outros ambientes seriamos completamente engolidos pela massa bestializada que anos a fio de filmes, documentários lobotomizaram.

    Exato amigo, respeito porém não entendo essa atitude da redação do Site.
    Elementos como esse que atende pelo vulgo ” Ricardo o Mascate ” deveriam ser banidos há muito dos comentários.
    Essa corja sofre de ” Esquizofrenia coletiva aguda “, não tem remédio.
    Mas tudo bem, respeito a decisão da redação.

    Abraços

    • Redação disse:

      O amigo não imagina a quantidade de “hasbará judaica” que somos obrigados a dedetizar e evitar, desta forma, a poluição do Blog! Mas alguma coisa passa, até mesmo ajudando os camaradas a exercitarem os músculos…

    • Mykel Gomes disse:

      Ultimamente a estratégia hasbará é a da ideia circular. Ele é refutado, e depois de duas postagens volta com a mesma resposta gasta e caducada, fingindo que nada tinha ocorrido. Fundamental a moderação filtrar tudo, e até publicar as vezes a repetição hasbará apenas para remendar tal postagem com edição mostrando que foi reincidência de argumento caducado., e com a advertência

  25. Rex disse:

    Neste último domingo 12/05, a corrupta TV Globo no seu programa dominical Fantástico, preparou uma super matéria na tentativa de continuar legitimando a farsa do aquecimento global:

    https://globoplay.globo.com/v/7610026/

    Como sabemos, o alarmismo global começou aproximadamente em 2007/2008 com o documentário intitulado Uma Verdade Inconveniente dirigido pelo então vice presidente do Estados Unidos, Al Gore. O objetivo dessa farsa, é impor uma espécie de comunismo ao mundo maquiado de verde, obrigando não só países emergentes como o Brasil a desacelerar seu crescimento econômico através da desindustrialização e também pela diminuição da agricultura, mas obrigando também países de primeiro mundo a se desindustrializarem ou migrarem as fábricas para fora de suas fronteiras. O resultado disso é a intensificação da pobreza, instabilidade econômico e social, fome e guerras. Não seria difícil imaginar o quadro do nosso futuro: Uma população mundial de joelhos diante de uma elite internacional controladora.

    Obs.: Não vou me ater a inserir aqui no fórum fontes com documentários, videos, entrevistas e matérias com informações importante refutando a farsa do aquecimento global. Deixo a cargo da redação postar na sua página principal uma matéria dedicada a esse assunto.

    Uma outra observação que gostaria de deixar aqui é que não tenho a intenção de contraditar com a teoria de superpopulação levantado por Konrad Lorenz.

    • Tales disse:

      Eles fazem isso paulatinamente para não passar a impressão de que o que está sendo passado é uma agenda. Então falaram ontem disso, vão esperar um pouco e vir com mais uma dose de engodo para ir induzindo a massa, como se administra um doente mental, logo dizer a verdade sobre vira revisionismo, teoria da conspiração, sem respaldo de “grandes estudiosos”.

    • tuisto disse:

      A razão de ser dos gadophones é o monitoramento e exploração comercial da privacidade alheia, todos os programas que rodam neles são “malware”, não surpreende que existam malwares para comprometerem os próprios malwares, muito menos que sejam programados em i$rahell. Aliás tudo isso beira o ridículo, Gadobook descobre que programa malicioso para espionar o “gado” infecta seu programa malicioso para espionar o “gado”…

      De qualquer forma, vejamos quais os objetivos desse programa específico:

      ”O Facebook, dono do WhatsApp, acusou a NSO Group, uma empresa israelense que fabrica cyber warfare (softwares de guerra cibernética), de ser a responsável pelo vírus infiltrado, chamado Pegasus. O WhatsApp não informou quantas pessoas foram afetadas no Brasil, mas já há rastros do uso do Pegasus no país entre agosto de 2016 e agosto de 2018, em plena corrida eleitoral.

      “…programas como o Pegasus não se dedicam à coleta massiva de dados, [porque isso já é realizado pelas próprias empresas que programam os sistemas operacionais e aplicativos “legítimos” do seu gadophone, como Jewgle e Gadobook] mas são empregados para monitorar alvos específicos. Trata-se de espionagem política…”https://brasil.elpais.com/brasil/2019/05/15/tecnologia/1557877977_241967.html .

      Quem sabe a eleição do miliciano capachão de i$rahell não teve uma mãozinha cibernética aí…

  26. Alain Soral se emociona ao falar do apoio que recebe e do recrudescimento de seus adversários

    https://www.youtube.com/watch?v=y2XwjggHHDI

  27. 🔝 Judaísmo Sionista | A Sinagoga de Satanás | Revelando a Farsa do Estado Moderno de Israel

    https://www.youtube.com/watch?v=bwHes_Ayp0E

  28. Mykel Gomes disse:

    Conversa direta sobre o sionismo – o que o nacionalismo judaico significa – Por Mark Weber
    https://worldtraditionalfront.blogspot.com/2019/05/conversa-direta-sobre-o-sionismo-o-que.html

  29. tuisto disse:

    Interessante estudo sobre honestidade, não surpreendentemente a Alemanha desponta no topo do ranking de países honestos, não obstante a destruição planejada das últimas oito décadas.

    O Brasil não foi objeto do estudo, mas fica uma lição no artigo para o brasileiro que reclama da corrupção mas adora levar uma vantagenzinha sempre que surge a oportunidade, eternamente incapaz de compreender o conceito simples de que a sociedade ao nosso redor é reflexo de nossas atitudes:

    ”honesty is measure of respect for society: although cheating provides personal advantage it debases the society in which the cheater lives: if he steals a bicycle then everyone must carry a bicycle lock thereafter. Understanding that particular cause and effect relationship requires a modicum of intellect, self-restraint and long-term thinking.”http://www.unz.com/jthompson/honestly/ .

  30. tuisto disse:

    “Povo eleito” nos Países Baixos está com medo da “islamização” contempla se mudar para a Hungria, acha ótimo a cerca que o fantoche Orbán está colocando nas fronteiras húngaras, i$rahell também tem uma, comentam eles: https://www.bitchute.com/video/q3I64csFX4uT/ .

    E pensar que o povo húngaro até pouco tempo atrás era singularmente alerta para o problema judaico, devido às décadas de opressão que sofreram nas mãos de facínoras talmudistas como Bela Kun, Mathias Rákosi, Péter Gabór, etc… Esse é o tipo de subversão operado pela direita ko$her, deplorável…

    https://www.irishtimes.com/polopoly_fs/1.3159398.1500401997!/image/image.jpg_gen/derivatives/box_620_330/image.jpg

    https://images.jpost.com/image/upload/f_auto,fl_lossy/t_Article2016_ControlFaceDetect/428147

    https://www.kormany.hu/download/a/9d/11000/tn496c0.jpg

  31. Em que pese o viés marxista que o texto possa aparentar, trás informações interessantes.
    “Metacapitalismo” não existe: http://novaresistencia.org/2017/11/04/metacapitalismo-nao-existe/

  32. Para quem deseja ficar longe do excremento judaico hollywoodiano, uma série ambientada na 2° G.M., realizada por uma produtora alemã sob a perspectiva alemã.

    Verstaubt sind die Gesichter, 1° episódio (com legendas em português):
    https://youtu.be/hl6MN9Nmn2U

  33. Cidadão, pai e marido que acorda cedo e trabalha. disse:

    Seria Olavo de Carvalho um defensor do direito ao revisionismo histórico?

    https://www.youtube.com/watch?v=1JPodyNSprI

    Se os camaradas puderem, poderiam postar alguns questionamento nesse vídeo, seria muito curioso ver o desinformante da Virgínia tentar defender ou não a liberdade em se estudar o tema Holoconto..

    Vejam uma das interessantes observações que o velhinho fez nesse vídeo:

    ” …nem vou falar de mitos como aqueles das famosas máquinas de torturas da Inquisição, que nunca existiu nenhuma, não tem nenhuma, tem um monte de máquinas construídas mais tarde para criar o mito…Hoje isso é conhecido porque os historiadores…finalmente tiveram acesso as atas de processos da inquisição e começaram a ler e viram que não é nada daquilo que a mitologia espalhava, mas até essa pesquisa científica entrar no ensino, vai passar 100, 200, 300 anos, quer dizer provavelmente essa pataquada vai continuar sendo repetida indefinidamente…”

    Olavo de Carvalho

  34. tuisto disse:

    Não temos qualquer ideia sobre a veracidade das alegações no seguinte vídeo, mas não nos surpreenderíamos nem um pouco se realmente fosse verdade. Jewnald Trump supostamente se converteu ao judaísmo dois anos atrás: https://www.youtube.com/watch?v=FDeEu8DP9Ro .

    O artigo original mencionado no vídeo parece ter sido apagado do site i$rahell Today

  35. Widukind disse:

    Círculo Sagrado em Pömmelte

    Na Alemanha estão sendo recuperados diversos locais sagrados, os quais foram destinados ao culto religioso há mais de 4 mil anos.

    Depois de Nebra e Goseck, Pömmelte oferece mais um refúgio espiritual àqueles que não sucumbiram à “espontânea” conversão ao cristianismo, promovida por Carlos Magno na Alemanha!

    A incidência dos raios solares sobre os portões laterais do círculo interior determinava os períodos de plantio e colheita.

    https://youtu.be/q3qgq348jc4

    • Cobalto disse:

      Só não se esqueça que nesse seu “refúgio espiritual” matavam do seu próprio povo pra que a colheita (ou seja lá qual ignorância de plantão) fosse boa.

      Pois é, os sacrifícios humanos cessaram e as colheitas continuaram, e continuaram boas por séculos, até hoje. Por que motivo desejam uma “espiritualidade” inútil de volta? Caso retornem esses ritos pagãos, abolirão o uso de adubos?

      Também não se esqueça que Carlos Magno agiu assim porque missionários cristãos desarmados ANTES foram mortos sem condições de defesa pelos seus queridos pagãos. E parece que esses arianos cristãos seguidores de Carlos Magno não eram muito de dar a outra face, né? .. rs

      E parece que os deuses pagãos não aguentaram o tranco em defende-los das “espontaneidades” dos seguidores de Deus .. rs

      Enfim, alguém aí se candidata pra que tenhamos uma boa colheita? .. rs

    • Cobalto disse:

      Esqueci um detalhe. Pagãos sacrificavam animais também. Alguns objetivos para tais práticas com certo ingrediente kosher e/ou halal, eram para suposto pagamento por favores ou pecados, prognósticos ou agrados aos seus deuses. É sabido que os NS’s foram grandes defensores dos animais (arautos e na vanguarda), do seu bem estar, defesa do seu habitat, etc. Portanto, pra ilustrar, essas defesas ressurgentes do Paganismo estão parecendo incoerentes com o filo-Nacionalismo autêntico.

      E: “O encorajamento nacional-socialista e a amizade para com a fé cristã foram recebidos com ouvidos inclinados e receptivos nas comunidades alemãs, o que levou a um ressurgimento das igrejas. A presença de membros líderes nazistas e ataques de Hitler sobre o “marxismo ateu”, “materialismo judeu” e a moralidade corrosivo, juntamente com a demanda do governo após o exercício da autoridade e liderança e animador da moralidade, deu a média alemã uma clara prova de que os nacional-socialistas eram pró-cristãos, tanto que o ano de 1933 ficou conhecido como “o ano da Igreja”.”
      https://www.wintersonnenwende.com/scriptorium/deutsch/archiv/artikel/NSChristentum.html